Fisioterapia Neuro Pediátrica - Bobath

Bobath-Infantil-7-1.jpg

A especialidade

A Fisioterapia IOTI disponibiliza um tratamento especializado e personalizado para os pacientes Neuro Pediátricos.

Gerados por alterações genéticas, por traumas ou por doenças adquiridas. Fundamenta suas ações em mecanismos terapêuticos próprios, utilizando exercícios físicos, respiratórios, estimulação sensorial, abordagem psicomotora, equipamentos e técnicas específicas, com o objetivo de promover, manter ou recuperar a funcionalidade motora dos pacientes.

Entre outros, os objetivos da fisioterapia neuro pediátrica são:

  • Melhora da coordenação

  • Força muscular

  • Equilíbrio

  • Manutenção da mobilidade articular

  • Treino cardiovascular

  • Melhora da função motora melhorando dessa foram a possibilidade de independência e participação

De maneira geral os objetivos de tratamento levam em conta a exercícios são aliados de maneira lúdica e levando em conta a funcionalidade da criança.

O atendimento fisioterápico na pediatria, leva em conta :

  • o problema motor , ortopédico , cardiorrespiratório

  • o alinhamento biomecânico

  • aspectos sensorias e psicomotores do movimento

  • o nível de desenvolvimento da criança e as condições psicossociais

O trabalho na fisioterapia pediátrica é sempre em conjunto com a criança e sua família, levando em conta as condições biopsicosociais, ou seja a condição física da criança, assim como o contexto social e familiar em que ela está incluída.

Paralelo a questões congênitas ( que são adquiridas  antes do nascimento ou mesmo depois do nascimento , no primeiro mês de vida) é crescente o número de crianças com problemas posturais que começam a aparecer já no início da vida escolar. As crianças permanecem muito tempo sentadas (muitas vezes mal sentadas).  Elas passam horas, seja na escola, em casa no computador, no sofá com a televisão e videogame.

A técnica de Bobath

É uma terapia clínica interdisciplinar, envolvendo a fisioterapia, a terapia ocupacional e a fonoaudiologia.

Seu aspecto generalista faz com que a terapia neuro desenvolvimentista, envolva  uma análise individualizada para cada paciente, baseada na análise dos movimentos necessários para a habilitação e reabilitação de indivíduos com patologias neurológicas.

A terapia atualmente se baseia para isso na classificação internacional de Função, Habilidade e Saúde – ICF: Os terapeutas aplicam uma “resolução” ao problema levando em conta critérios de participação para identificar e priorizar a importância de dificuldades e habilidades baseando-se em objetivos alcançáveis e que façam sentido para o paciente e para sua família.

Para  isso, a terapia exige um conhecimento profundo do sistema motor, seja muscular, articular e dos movimentos que o ser humano produz, como:

  • o desenvolvimento motor normal

  • análise de controle postural

  • movimento

  • atividade e participação

O terapeuta necessita na sua avaliação e prática de uma interação dinâmica, empática e reciproca com o cliente, para que haja uma otimização na performance do objetivo, na aquisição da tarefas e para que os objetivos  planejados façam sentido para o paciente e sua família.

Na terapia nossa terapia para atingir esse objetivo pensado, é em  geral usada a sequência:

  • Preparação: que envolve manuseios, mobilzações, terapia manual, entre outros

  • Ativação, ou seja a execução de uma função motora que muitas vezes é componente motora do objetivo planejado

  • treino funcional da função

Faça o agendamento online. É fácil, rápido e seguro.